domingo, 23 de agosto de 2009

Um momento de descanso...

É! Vida nova, nova vida! E muito trabalho!E um feriadão em Paripueira para descansar com a Nina! Será muita praia, muita piscina, muitos passeios... Um momento de descanso!
Quando soube que teria esse feriadão pensei logo em aproveitá-lo de uma forma diferente: estar longe de coisas do trabalho, da faculdade, do tcc... Então pensei em chamar meus amigos para irmos para Paris... A dona da casa não gostou da proposta e me botou pra correr. Então, fui falar com a mãe do Felipe e ela nos cedeu a casa com o coração aberto e todas as coisas que têm dentro dela.
E é isso! Agora vamos esperar chegar a quinta para aproveitarmos, tomarmos muito banho de piscina, de mar, descansarmos, "brincarmos" e...
É isso! video

sábado, 15 de agosto de 2009

Mais um dos contos da net

Os dois viviam presos pela solidão. Até que um dia se encontraram na net, conversaram, ficaram amigos, despertaram ums entimento mais forte. Moravam em cidades diferentes. Ele no sudeste, ela no nordeste. Mas,tinham a mesma história de vida: tinham sofrido na infância, tinham se reerguido com o tempo e queriam desperadamente fugir da vida que levavam e esquecer todo o passado.
Uma noite conversando no MSN e falando sobre as tristezas e incertezas de suas vidas resolveram fugir. Ele viria até ela e simularia ums equestro. Ela sabia uma forma de conseguir nova indentificação e tinha uma casinha de um estado bem distante do deles. Resolveram que íam plantar plantar milho e feijão e teriam dois ou três cavalos, uns porcos e umas galinhas. E mais para a frente, talvez, outros animais que poderiam vender e aumentar as terras da casinha.
Ele conseguiu a aposentadoria por invalidez, ela conseguiu novos documentos. Planejavam a fuga para uma sexta-feira. Ela diria que ía até a casa de uma amiga e no meio do caminho seria "sequestrada". E assim aconteceu...Ele a pegou e passaram o final de semana em um hotel distante. Venderam o carro dele e compraram passagens de ônibus para chegarem até a casinha.
(...)
Uma ou duas vezes por ano viajavam e chegaram a conhecer todo o país e até alguns países vizinhos. Um dia tiveram um filho...
E esta história termina como todos os contos de fadas: e viveram felizes para sempre!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Sutilmente*

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
Quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
Quando eu estiver fogo
Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti

E quando eu estiver triste
Simplesmente me abrace
E quando eu estiver louco
Subitamente se afaste
E quando eu estiver bobo
Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto
Suplico que não me mate, não
Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe, enfim
Dentro de tudo que cabe em ti


*Skank
video

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Esta semana, enquanto visitava o blog de uma das futuras jornalistas de Alagoas, lí um conto sobre o amor que ela buscava.
Não sei se todas as mulheres buscam um amor assim. Eu busco! Eu queria poder estar com alguém que me fizesse dormir tranquila, mas que ao mesmo tempo me tirasse o sono... O amor é assim mesmo: vem não se sabe de onde, fica não se sabe porque (ele se instala) e um dia ele se vai (muitas vezes sem que a gente o tenha vivido).
Ah, o meu amor! Todos dizem que ele faz parte do passado, mas eu ainda o sinto aqui presente. Ele me tirou algumas noites de sono, mas também me dormir divinamente. Me fez chorar de alegria e de tristeza. Me fez feliz às 7hs mesmo sabendo que ele só chegaria às 8hs. E também me fez esperar, mesmo sabendo que ele não vinha. Mas, se ele chegava o dia era todo sol.
Eu amo você! Amo muito! Mas, sei que não podemos ficar juntos por querermos coisas diferentes...

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Essa noite eu tive um sonho...

Sábado (1/8/09), fui ao shopping com o Felipe para comprarmos um presente para uma amiga dele.Passando pelas Lojas Americanas, não resisti e comprei o livro O pequeno príncipe. Uma história encantora!
Domingo a noite eu li todo o livro, observando cada letra e cada figura feita pelo autor. Depois de lê-lo, adormeci.
...Então, eu tive um sonho! Me vi sentada numa cadeira de balanço, grávida e lendo O pequeno príncipe para esse bebê! Só tenho esses pensamentos/sonhos quando estou sensível. Alguma coisa mexeu muito comigo e eu ainda não sei o que foi.
Estar lendo para esse bebê, foi um momento ímpar, de muita paz, amor, carinho... Algo que, mesmo usando todas as palavras que se encontram no dicionário, eu não saberia explicar.
Passados alguns dias, quando lembro do sonho, me sinto envolvida, num momento de paz, de amor, de harmonia. Em um dos livros de Luiz Sérgio que lí, o autor fala que quando uma mulher está perto de engravidar, os espíritos mais "experientes" (esta não é a palavra mais adequada para ser usada, porém...) envolvem esta mulher desses sentimentos e trazem o espírito que irá ser seu filho para perto dela. Assim, mãe e filho começam a entrar em sintonia.
Lembrando disso, me passou pela cabeça: será que terei um filho logo? Ou, simplesmente, estou na TPM? Eu creio na segunda opção.
A única coisa que posso dizer é que se Deus permitir que um dia eu tenha um filho (claro, que nas condições adequadas) eu o amarei muito!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

...

Eu não tenho tido cabeça para fazer muitas coisas! Tenho pensado muito neste novo trabalho e algumas mudanças que estão acontecendo...
Estou encantada com uma criaturazinha que conheci! Meu Ed já não me pertence mais! Ai, ai! Tantas mudanças ... Tantas coisas novas...
Mas preciso voltar a pensar no meu tcc, na pesquisa do meu tcc... nesta criaturazinha que conheci... na minha idéia de me "manter em forma" e continuar com minha dieta... Rsrs!
Fico por aqui, pois não tenho muita coisa pra dizer...

;;

Template by:
Free Blog Templates