sábado, 18 de dezembro de 2010

ELA PEDIU PAZ

Ela pediu um momento de paz! Queria estar só com ela mesma por alguns instantes. Tudo porque ele veio aqui e abraçou e a quis e... E ela também queria tudo isso, mas só pensava que ele tinha outra e quando não tinha ele não a queria ou só a queria para determinadas coisas.
E ela sempre ficava confusa com toda essa história. Ele vivia dizendo que ela era confusa, problemática, que não amava ninguém. Mas nunca percebeu que era só uma capa de defesa. Ela amava demais aquela criatura e só queria estar ao dele e demonstrar tudo o que sentia, mas tinha medo pois ele não queria nada sério. Só alguns momentos de prazer, só alguns instantes com ela e sempre dizendo: você é meu amor mal-resolvido.
E nos últimos dias ele apareceu e a abraçou e disse que estava com vontade de beijá-la e fazer amor com ela. E por isso ela estava assim só querendo um carinho, um abraço, um beijo. E como não podia ter o dele e não queria o que ele podia dar a ela, se entregou a outro.
Nos braços do outro se sentiu amada mesmo que por poucas horas. Conversaram,riram, se beijaram... Só um pena que este não ser aquele!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mais uma vez...

...eu senti saudade!
Só que uma mistura de raiva, mágoa, cansaço! Talvez um pouco de amor!
Ahhh! Eu não lembrava mais da sua voz, eu não sei mais como é seu rosto, eu não sinto mais seu beijo nem seu corpo perto de mim...
Você me machucou, maltratou, riu de mim. Mas, eu fico aqui ouvindo e pensando e me vejo me apaixonando mais a cada dia que passa.
Eu quero seguir minha vida, mas cada vez que encontro você volta toda essa mistura. Tudo o que vivemos de bom. Tudo o que vivemos de ruim. Quero que tudo se repita. Quero ver coqueiros flutuando, acreditar nos nossos planos, ser quase atropelada...
Só que o que eu quero mais é te esquecer, te apagar da minha vida, da minha memória, do meu cérebro, de tudo... Eu quero poder voltar a viver. Quero respirar e sentir que é de verdade. Quero tudo isso, mas pelas mão de outras pessoas.
Mais uma vez...


...eu senti saudade! E afoguei ela num copo de urina com Montilla e sal.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

"Bateu saudade"

Oi! Como você está? Espero que bem!
Tenho pensado muito em você nos últimos dias... Não sei o motivo, mas penso bastante!
Em nós dois (no que vivemos), em tudo o que você fez... Engraçado que nem antes nem agora eu consigo ter raiva de você. Mesmo algumas vezes parecendo que sim, mas não tenho! Tenho, talvez, uma mágoa! Mais de mim que de você! Só por ter acreditado e confiado... Só por me sentir mal por achar que não correspondia o que você dizia sentir por mim...
Às vezes dá saudade de estar com você! De rir das suas loucuras e até mesmo das vergonhas que você me fazia passar... Rs! Ainda gosto de você, apesar de tudo! E às vezes até espero uma menssagem sua, uma ligação ou fico imaginando o que você está fazendo longe de mim...
Mesmo com tudo que você fez, acredito que você foi um dos melhores namorados que tive (se o que tivemos pode ser chamado de namoro)...
Depois que você se foi, eu fiquei mais fechada, mais tímida, perdi a total confiança nos outros e em mim e estou cada vez mais sozinha ou só na minha companhia... Mas, vai passar um dia!
Bom! É só isso! Só queria aliviar um pouco o que tenho sentido...
Se cuida, tá?!
Bjs!





OBS.: Foi por causa desta carta que fiquei assim... Só querendo um carinho...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

SENTIMENTOS...

Hoje eu acordei e me olhei no espelho e me senti tão decadente, tão desesperada, tão solitária! O coração disparou, bateu a tristeza!
Realmente não tenho 22 anos... Sou velha, feia, gorda... Sou uma pessoa que não tem maturida emocional! Que sofre demais, que chora demais!
Mas, desta vez não senti vontade de morrer! Eu quis melhorar... Sem saber como fazer isso, resolvi escrever pra ver se meu coração acalma! Mas, não adianta!
Eu estou tentadno fazer planos para um futuro pro´xoimo e até para um futuro mais distante, só que pelo jeito nada vai sair do papel. Por enquanto, nada vai me fazer melhor do que deixar o meu emprego e iniciar em um novo completamente diferente... Eu também preciso de paz e de aprender a me aceitar como sou... E, ainda, de alguém ao meu lado! Eu não sou forte o suficiente, eu não sou feita de metal. Eu tenho um coração que já não faz o seu trabalho direito, um cérebro que está derretendo com os aperreios e uma alma cheia de cicatrizes!



"Concedei-me, Senhor
A serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar;
Coragem para modificar aquelas que posso;
e Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.(...)"
(Oração da serenidade/www.ronaud.com)

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

CONFESSIONÁRIO

Confesso que chorei demais no últimos dias e mais uma vez me magoei e senti uma dor tão forte que convulsionei...
Confesso que me sinto desesperada nos últimos meses...
Confesso que eu amei e amo, mesmo quebrando a cara de novo (A gente nunca aprende...)
Confesso que eu quero sair de casa...
Confesso que eu quero ter uma casa, com um jardim e com amigos...
Confesso que quero meu amigo de volta...
Confesso que eu quero perdoar e ser perdoada...
Confesso que quero amar e ser amada...
Confesso que quero viver...
Confesso que quero deixar de ser dolorida...
Confesso que quero largar o emprego, e esquecer que um dia fui professora, e passar uns bons dias na praia descansando...
Confesso que quero esquecer todos os meus problemas, ao menos por um dia...
Confesso que quero um dia poder dizer "porque eu sei que é amor"...
Confesso que eu quero me dedicar a uma nova vida...
Confesso que quero ter (adotar) um filho...
Confesso que eu amo demais...
Confesso que eu perdi minha fé, mas que às vezes consigo achá-la para perdê-la de novo...
Confesso que a minha vida tem uma trilha sonora...
Confesso que ainda sinto algo quando re-encontro aquele que me prejudicou...
Confesso que eu queria poder me curar...
Confesso estar triste com a vida que levo...
Confesso que logo irei embora...
Confesso que tenho medo...
Confesso que, por ter medo de me magoar mais uma vez (e por também ele não me querer), mandei meu amor embora...
Poderia confessar mais algumas coisas, só que não tenho tempo!

Confirmo tudo o que foi dito acima!

sábado, 24 de julho de 2010

Muito tempo sem aparecer por aqui... Sem tempo e sem vontade! Andei delirando por aí, caminhando por aí, amando por aí, amando por aí, amando por aí... E por aí fiquei!
E sem muita vontade de voltar para casa, acabei dando uma passadinha aqui para colocar algo neste papel... Eu descobri que o problema é falta de comunicação... Meu problema?! Muitos. Se eu fosse falar passaria dias aqui, mas como tenho que voltar para casa ainda hoje, não farei isso...
Depois de algum tempo eu consegui me comunicar e resolvi um grande/pqeueno problema... Mas, o que essa comunicação vai me custar... Só Deus sabe o que terei que passar!
O problema é falta de comunicação com o ser amado! Não pode se amar calado, como quem ouve uma sinfonia de silêncios e de luz... É necesssário gritar para todo o mundo e para o ser amado também... É necessário que... Nem sei!
Meu problema em não me comunicar é seríssimo, então... Eu fico aassim meio verde, meio sem voz, meio vermelha, meio como se tivesse engolido um pato... Não consigo falar, minha garganta fecha, me falta o ar, me aperta o coração... E eu só queria dizer apenas uma coisa... Só uma coisinha pequenininha pra você, mas com um tamanho imenso pra mim...
Mas eu não sei como falar isso... Passei aqui rapidinho só para dizer isso... Aqui dentro grita, mas fora só tem silêncio... E de silêncio não se vive... Não se vive mesmo! Tenho vontade de falra baixinho, só para você ouvir. Mas, tenho medo! E se eu gritar d euma forma que você não entenda?! E se... Não! E se eu... Também não daria certo! Já sei...
Minha vida tem trilha sonora... E para você vai esta: "Silenciosamente, eu te falo com paixão... Eu te amo, calada... Tem certas coisas que eu não sei dizer..."

domingo, 27 de junho de 2010

Todo sentimento
Precisa de um passado pra existir
O amor não:
Ele cria como por um encanto
Um passado que nos cerca,
Ele nos dá a consciência de havermos vivido anos a fio
Com alguém que a pouco era quase um estranho,
Ele supre a falta de lembranças por uma espécie de mágica...
(Benjanmin Constant)

sábado, 5 de junho de 2010

^^ ^^ ^^

-LONGA VIDA AOS BLOGUEIROS QUE NÃO "USAM" SEUS BLOG'S!!!
[PLATÉIA NUM TREMENDO ALVOROÇO: ÊÊÊ! VIVA! É A MELHOR! É A MELHOR!]
-ESTIVE UM BOM TEMPO LONGE DAQUI E NOS ÚLTIMOS DIAS,POR TER FEITO UMA MINI CIRURGIA QUE ME RENDEU UNS DIAS DE CAMA QUE ME FIZERAM PENSAR BASTANTE. PENSAR É O QUE EU FAÇO DE MELHOR E O QUE ME FAZ FICAR CADA DIA MAIS LOUCA E COM MAIS VONTADE DE MORRER E, ÀS VEZES, DE VIVER!
[PLATÉIA CONTINUA: ÊÊÊÊÊ! BORBOLETA! BORBOLETAAAA!]
-AÍ, EU TIVE SONHOS MARAVILHOSOS NOS ÚLTIMOS DIAS! MUITO CARINHO, MUITO AMOR, CACHORRINHOS ADOTADOS PARA UMA FAMÍLIA! TUDO MUITO LINDO E PERFEITO! MAS ERAM SÓ SONHOS! QUANTOS DE NÓS CONSEGUIMOS REALIZAR NOSSOS SONHOS?! ADOTAMOS CACHORROS NO LUGAR DE TERMOS FILHOS OU ADOTARMOS CRIANÇAS?! FAZEMOS COISA SAUDÁVEIS?! COMEMOS MC' DONALDS, BOB'S, ETC?!
[PLATÉIA: NÓS! NÓS! NÓS! ÊÊÊ!]
-VAMOS TER UMA VIDA MAIS FELIZ, FAZENDO O QUE GOSTAMOS DE FAZER E NÃO O QUE OS OUTROS ACHAM QUE É CERTO A GENTE FAZER... FELIZ DIA MUNDIAL (=DO MEU MUNDO)DO FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS!!
[PLATÉIA eufórica: FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS! FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS! FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS! FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS! FAZER DO JEITO QUE GOSTAMOS!]



... e no fim você descobre que tudo é apenas um sonho!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

AMOR, I LOVE YOU!

"DEIXA EU DIZER QUE TE AMO
DEIXA EU PENSAR EM VOCÊ
ISSO ME ACALMA
ME ACOLHE A ALMA
ISSO ME AJUDA A VIVER
HOJE CONTEI PRAS PAREDES
COISAS DO MEU CORAÇÃO
PASSIEI NO TEMPO
CAMINHEI NAS HORAS
MAIS DO QUE FAÇO A PAIXÃO
É UM ESPELHO SEM RAZÃO...
QUER AMOR?! FIQUE AQUI!"*

QUER AMOR?! FIQUE AQUI!!!
QUER AMOR?! FIQUE!!!
QUER AMOR?!
QUER?!


*AMOR I LOVE YOU DE MARISA MONTE

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Para o pai do meu filho Victor...

Depois de tantos anos juntos, nós brigamos mais uma vez e isso colocou um ponto final na nossa relação. O que aconteceu todo esse tempo? Nós tivemos uma linda união, numa noite de sábado. Tivemos dias maravilhosos! Viajando por aí, conhecendo novos lugares, "fugindo" dos problemas... Éramos felizes! Este ano nosso filhinho nasceu! Nasceu antes do tempo, com alguns probleminhas, mas era um menino muito forte e rapidamente se recuperou. Você o chamou de Victor, por isso. Victor, a nossa vitória!Você lembra?! Você queria, eu não. Você insistia e eu me aborrecia... Foram muitas discussões sobre isso, até que, ele disse: Estou aqui!Como você ficou feliz e eu com medo! Aí, mais uma vez você segurou a minha mão e disse que iríamos conseguir. E conseguimos! Seu filho é lindo, saudável, inteligente! Um encanto! Um milagre! Mas, aconteceu o que aconteceu e talvez tenha sido melhor assim, pois estávamos por um fio. Não conseguimos fazer isso dar certo. Você culpa a minha falta de sentimentos, eu culpo a sua "loucura" excessiva... Quem sabe uma dia voltaremos a ser como antes?! Caminhando na areia, brincando com a água, amor na praia...ou um simples passeio com o nosso pequeno Victor. Pois eu ainda gosto que você segure a minha mão!

sábado, 1 de maio de 2010

Você é um desconhecido.
Eu gosto de beijar.
Falo 2 línguas (não muito bem, mas falo).
Adoro palavras, amo dicionários.
O sábado tá muito quente.
Qualquer coisa foi td o que eu falei...

[FIM DE ALGO QUE CHAMARAM DE VEIA POÉTICA, RIMA OU REPENTE!]

domingo, 25 de abril de 2010


Recomeçar é preciso quando o que temos já não nos satisfaz....

(...) "porque é justamente aí que está o problema. Posso explicar uma porção de coisas... mas não posso explicar a mim mesma..."

- Alice -

terça-feira, 20 de abril de 2010

Às vezes me pergunto: será que ainda dói do mesmo jeito?
Então tiro o curativo e mexo na ferida Quase indolor, mas a ferida ainda está ali...

"Onde está você agora?"

Hoje passei pelo rádio ligado e ouvi a última frase de uma música cantada por Caetano Veloso (Sozinho de Peninha). Nossa! O "onde está você agora?", soou de uma forma! Parece que ele cantava com mais sentimento, com mais tudo!
Fiquei com a música na cabeça e por um momento perguntei a mim mesma: Onde está você agora? Mas, perguntei com uma saudade, como quem busca algo importante que foi perdido! Até com uma certa dor ou remorso por saber que eu mesma não sei de mim. meu Deus, onde estou? Onde posso me encontrar? Olhei para o futuro e não enxerguei nada! Olhei para o passado e vi menos ainda! Só consegui ver o hoje: um grande vestido, cabelos amarrotados, olheiras imensas, agarrada a um sapo que tem me feito companhia nos longos dias e noites...
Eu mesma me envenenei contra mim, eu me perdi em algum momento que não sei qual foi, eu fiz,..., eu me mato todos os dias um pouquinho!
Eu sinto saudade de mim e não sei onde eu estou! POlícia daria jeito?! Não! Médicos dariam jeito?! Não! Psicólogos dariam jeito?! Não...
E agora?! Apenas fico me olhando em algumas poucas fotos que me restaram para tentar me lembrar de como eu era e imaginar como serei um dia...

quarta-feira, 31 de março de 2010

RAIVA

RAIVA! MUITA RAIVA!
TANTA RAIVA QUE PODERIA SAIR POR AÍ MATANDO SERES...PRINCIPALMENTE 2,QUE ÀS VEZES FAZEM COM QUE EU ME SINTA A PIOR PESSOA DO MUNDO!
EU ODEIO VOCÊS! ODEIO POR TUDO QUE ME FAZEM PASSAR, POR TODAS AS VERGONHAS E RAIVAS! É TANTA RAIVA QUE NA MAIORIA DAS VEZES EU PENDO EM ME MATAR E JÁ DEVERIA TER FEITO ISSO! PORÉM SOU UMA PESSOA TÃO FRACA, TÃO INÚTIL QUE NEM ISSO CONSIGO FAZER! É TANTA RAIVA QUE PRA ME SENTIR UM POUCO MELHOR EU TERIA QUE BATER EM ALGUÉM, VER MUITO SANGUE, QUEBRAR MUITOS PRATOS E XÍCARAS, DERRUBAR UMA CASA, SAIR GRITANDO COM TUDO E COM TODOS...
E NO MEIO DISSO TUDO, A ÚNICA COISA QUE CONSIGO FAZER É CHORAR E ESCREVER NESSA PORCARIA DE BLOG QUE NÃO SERVE DE NADA. É SENTIR AQUELE APERTO NO PEITO, A FALTA DE AR, AQUELA DOR QUE PARECE QUE VAI TE LEVANDO AOS POUQUINHOS ATÉ CHEGAR AO MOMENTO QUE VOCÊ NEM SABE MAIS O QUE TÁ FAZENDO...
TUDO O QUE EU QUERIA ERA MORRER, MORRER MESMO, MORRER DE VERDADE. DESAPARECER. SEM ESSA HISTÓRIA QUE EXISTE VIDA DEPOIS DA MORTE, QUE EXISTE CÉU E INFERNO, QUE A GENTE VOLTA UM DIA!
APENAS DESAPARECER, ACABAR, SUMIR, TIRAR QUALQUER IDÉIA DA MENTE DOS OUTROS DE QUE EU EXISTI...
SÓ COMIGO ISSO NÃO ACONTECE!

sexta-feira, 19 de março de 2010

Poemas para uma RENATA = EU = LOYANE

ORA, DONA DESSE AGORA
DIGA POR QUE FICAR AQUI
DIZENDO AS COISAS
ESPERANDO QUE TUDO SE COMPLETE
APAIXONANDO
TE APAIXONANDO

MAS, AINDA FALATA AQUELA FALTA,
AQUELA QUE É DE POUCOS
AQUELA QUE É BUSCADA,
QUE ASSUSTA E DÁ PRAZER

MAS, JÁ TEM AQUELE ALENTO,
MEIO LONGE E CHEGANDO,
E CHEGANDO TENHO MEDO
DE NOVO OU NÃO?
(SR. POETA)




A SAUDADE DO SEU ROSTO, RENATA
CHEGOU E PEDIU POUSADA
VESTIU-ME DE NOSTALGIA
BRILHOU NA MINHA POESIA

TIROU MEU VERSO DO NADA
HOJE EU QUERO SOMENTE VOCÊ
NO MEU VERSO QUE SÓ GOSTA DE CHORAR

A ALEGRIA QUASE SEMPRE É PASSAGEIRA
E A TRISTEZA QUANDO VEM
É PARA FICAR...
(ANDERSON CORREIA)

domingo, 14 de março de 2010

Recebi hoje uma mensagem dizendo que a vida é como uma roda gigante, ás vezes estamos por cima, ás vezes por baixo! Isso é verdade! Eu errei! Eu errei feio! Eu errei feio demais! E gostaría de sumir do mapa, desaparecer da memória dos outros, morrer...
Eu, desde o início do processo, de todo o processo, qdo eu era apenas uma massa já era um erro, nas ci e continuei sendo um erro, cresci e além de continuar sendo um erro comecei a cometer erros, os piores... Os que matam pessoas aos poucos (mesmo que seja eu, os que envergonham pessoas e as pessoas (por pior que vocÊ se sinta)fazem com que você se sinta a pior pessoa do mund, sempre lembrando que você não presta! Que doa, mais do que ja dói! Que você tenha vontade de fazer inúmeras bobagens...
Estou passando só para avisar àqueles que às vezes leem o que coloco aqui, que estou abandonando o blog para me juntar a um grupinho de missionários que ajudam ao próximo. Tão logo termine a faculdade, estou deixando tudo e todos para fazer algo com que eu me sinta útil e possa dizer a alguém: você está enganada! Eu sirvo para alguma coisa!
iHasta luego!

quinta-feira, 11 de março de 2010

PÂNICO

Ontem saí para uma reunião e do nada me encontrei dentro de uma loja fazendo compras para uma futura casa que eu nem sei se existirá! Eu passava pelas coisas e olhava, as coisas passavam por mim e me olhavam! A tristeza tomou conta de mim de uma forma... O coração batia mais forte, a respiração quase que não existia, uma forte dor no peito!
Eu não sei se estou preparada para isso! Eu não estou me sentindo segura, apenas estou flutuando num sonho que é dos outros! Em algum momento da minha vida eu quis casar, eu quis ter filhos, eu quis uma família... Mas, apanhei tanto que aprendi a ser sozinha! E agora, estar acompanhada, dá medo!
Eu estou com medo! As pessoas não nos aceitam (e eu sempre tenho que estar pedindo opinião aos outros), as pessoas não me aceitam, as pessoas não aceitam ele... Alguém me contou hoje a história de uns sapinhos: os sapos resolveram fazer uma corrida pra saber quem era o mais resistente.As pessoas que estavam na platéia gritavam que eles nao iriam conseguir e só um conseguiu chegar até o final PORQUE ERA SURDO e nao ouvia as pessoas dizerem que ele nao ía conseguir.
Talvez eu deva parar um pouco e pensar no que eu acho, no que eu penso, no que eu quero! Talvez sair de casa não seja ruim! Talvez ter uma casa não seja ruim! Talvez ter uma família não seja ruim! Talvez se doar, sabendo que vai receber um pouco em troca, não seja ruim! Talvez aprender a se amar e a ser amada não seja ruim! Talvez deixar de viver triste não seja ruim!

segunda-feira, 1 de março de 2010

O amor não precisa de passado!


"Todo sentimento precisa de um passado pra existir. O amor não. Ele cria como por encanto um passado que nos cerca. Ele nos dá a consciência de havermos vivido anos à fio com alguem que, a pouco, era quase um estranho. Ele supre a falta de lembrança como espécie de mágica"
(Benjamin Constant)



HOJE ME DISSERAM QUE PAREÇO ESTAR NUMA MONTANHA RUSSA À 320KM POR MINUTO, OU SEJA, INDO RÁPIDO DEMAIS! MAS, COMO BENJAMIN CONSTANT FALOU O AMOR NÃO PRECISA DE UM PASSADO PARA PODER EXISTIR! A GENTE SIMPLESMENTE AMA E ELE CRIA UM PASSADO, UM PRESENTE E UM FUTURO PRÓXIMOS E DISTANTES! SÓ PODE ENTENDER UM SENTIMENTO DESSES QUEM JÁ AMOU... QUEM JÁ ACORDOU COM SAUDADE MESMO TENDO AO LADO A PESSOA QUE AMA! QUEM FEZ PLANOS DE CASAMENTO COMENDO TAPIOCA NA PRAIA! QUEM SORRI COM AS BOBAGENS! QUEM PASSA HORAS PENSANDO EM JANELAS DE MSN COMO CONVITES, EM FESTAS HIGH TECH, EM TRANSMISSÕES DE UM CASAMENTO DE UMA PROFESSORA DE PORTUGUÊS COM UM ANALISTA DE SISTEMAS... AFF!
A CADA DIA ME SINTO FELIZ E PLENA! PODERIA ESTAR MAIS FELIZ, SE AS PESSOAS QUE EU AMO SEGURASSEM NA MINHA MÃO! PORÉM... SÃO COISAS DA VIDA!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Pra você guardei o amor*

Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir

Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir

Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar

Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar

Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar

Pra você guardei o amor
Que aprendi vendo meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que arco-íris
Risca ao levitar

Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar

*Nando Reis e Ana Cañas video

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Decididamente cansei! Cansei mesmo! Não aguento mais esses Sérgios, Andersons, Ed's que entram em minha vida! Por isso que resolvi casar comigo mesma numa cerimônia simples e discreta!
Só uma testemunha foi convidada! E que bela cerimônia! Uma praia quase que deserta, eu com eu mesma e uma testemunha! Alguns pássaros, o mar e coqueiros observaram de longe! Tudo do jeito que sempre sonhei! Até de branco eu estava! Poucas palavras foram ditas, mas foi a cerimônia mais bela que já presenciei!
Prometi que serei fiel, me amar e me respeitar até que a morte me separe de mim mesma! Foi doce e lindo! E eu ainda permaneço em lua de mel mesmo voltando logo a trabalhar e a estudar!
Que esta união seja eterna enquanto dure!

;;

Template by:
Free Blog Templates